quarta-feira, 19 de março de 2008

de Bragança











Família real, 1900 (col. A. Afonso)


Nasceu no Palácio de Belém, a 19 de Março de 1889, e recebeu o nome de Manuel Maria Filipe Carlos Amélio Luís Miguel Rafael Gonzaga Xavier Francisco de Assis Eugénio.
O infante, em primeiro plano à direita da imagem, era filho de D. Carlos I e de D. Maria Amélia de Orleans. Casou, já depois de destronado, com sua prima a Princesa Augusta Vitória de Sigmaringen.
Foi cognominado o Patriota ou Desventurado pelo seu amor à Pátria e desventura no seu reinado.
D. Manuel era o segundo filho de Carlos I e subiu ao trono por morte de seu pai e irmão que foram assassinados. Muito jovem, sem estar preparado para ser rei, sentiu muitas dificuldades.
Demitiu João Franco e nomeou um governo de coligação chefiado por Ferreira do Amaral. Contudo, as liberdades concedidas por este governo à oposição viriam a permitir que esta reforçasse os seus apoios.
À monarquia eram atribuídos todos os males da Nação e, para o partido republicano, só a mudança de regime podia salvar o País.
No dia 4 de Outubro de 1910, em Lisboa, eclode a revolução republicana. Na manhã do dia seguinte foi proclamada a República por José Relvas e Eusébio Leão. A monarquia dava lugar à República.
D. Manuel II é afastado e embarca com a família para o exílio. Apesar do governo República o impedir de regressar, com os bens da Casa de Bragança criou, por testamento, a Fundação da Casa de Bragança que doou a Portugal.
D. Manuel II foi o 34.º e último rei de Portugal (1908-1910).Faleceu em Twickenham, Inglaterra, a 2 de Julho de 1932 sem deixar descendência. Os seus restos mortais regressaram à Pátria, a seu pedido, com todas as honras. Jaz no Panteão de S. Vicente de Fora, em Lisboa.

LOPES, C. Figueiredo, História Cronológica de Portugal.

1 comentário:

e disse...

Hi
You have a great blog!
Let me invite you and
everyone you want to:
eBambi
Present yourself
and meet your friends.
Join now:
http://www.ebambi.com